terça-feira, 23 de outubro de 2018





Bom dia! Boa tarde! Boa noite! Como vai? Se você estiver se sentindo como eu, deve estar puto ou feliz da vida pelos atuais acontecimentos da vida de todo o Brasileiro.

Desde o meu último post, muita coisa mudou no mundo e na vida de todos nós. E muita coisa vai mudar, mas, não podemos nos abater e deixar acontecer, seguir os passos da catástrofe, jamais!!!

Quem, assim, como eu, está mais velho e não morreu, acorde!

Viajei, vivi, chorei, implorei, perdi aos céus, mesmo assim, amigos queridos foram para outras existências e a vida continuou.

E continua, com muitas mudanças, e olha só quantas mudanças...

Desde o meu último post em 28 de novembro de 2014, muita coisa mudou ou para melhor ou para pior. Hoje é só para pior. E bota pior nisso. Crédo Cruz, me benzo! 

Na minha família ( pessoas ligadas por algum grau de parentesco ), somos unidos por laços morais e materiais, só que hoje, essa união está muito abalada, assim como em todas as famílias.

Hahaha. Minha resposta: As estações mudam, mas a vida continua com suas tradições. Na verdade, creio eu, nunca mudaram, se escondiam atrás de uma cortina, num canto do cérebro de cada ser vivo pensante. A moral pela " tradição, família e propriedade ", de repente ressurge  com uma fúria maior que um tsunami devastando nossas relações, ideias, opiniões, conceitos, crenças, condições, e outros adjetivos pararam convivência pacífica respeitosa.

Um tsunami, por onde passa, devasta a vida das pessoas de um lugar. Acaba com tudo. E para retomarmos a vida é bastante complicado. Imaginemos num país como o Brasil que esteve por muito tempo com suas aversões mascaradas por uma vida de "em que plantando dá!?". Brasil está vazio na tarde de domingo... Olha o sambão, aqui é o país do futebol ( 7 x 1 ).  O Brasil recebe todos os estrangeiros de braços abertos! Tudo Balela!

Ficamos acostumados aos políticos tradicionais, sempre eleitos, com suas cadeiras nunca frias, só aguardando a volta das bundas moles durante décadas de tanto empanturrados da vida boa que todos nós proporcionamos. Sabe o que é??? É a tal da democracia, soberana!!!

Será que não veem o nosso sofrimento? Minha família, amigos, pessoas que estão ligados por um grau de parentesco e amizade estão com tanto ódio que criaram este Monstro, que tem até família, chamado Jair Bolsonaro!!!

Estou com muito medo por mim e por eles. Então amos chamar para a rua, vamos arriscar, criar. Deixemos de ser gente frouxa!!!

Esta foi a forma que encontrei para me expressar, voltando com o Blog.

Obrigada Nuno Ramos, você me fez colocar pra fora a minha angústia e a de todos nós com o texto na Folha de São Paulo " Gente Frouxa - Vocês deixarão seguir o passo a passo da catástrofe?"

https://www1.folha.uol.com.br/opiniao/2018/10/gente-frouxa.shtml










Nenhum comentário:

Postar um comentário